Blog deFilipa Vicente

Nutricionista · 1369N

Eat, live, perform, sleep

Contactar

De quantas consultas preciso?

sexta-feira, 12 de março de 2021

Esta é uma pergunta que me fazem às vezes e com todo o direito do mundo mas que deixo já claro que não sou muito adepta desta forma de pensar e acabo por encaminhar a pessoa para outro colega. 

O motivo para procurar um nutricionista pode ser algo recente, querer ir para a praia este ano, querer melhorar as suas análises ou estar em melhor forma física porque definiu essa resolução para 2021. E por isso pode sentir que uma vez atingido o objetivo que levou a procurar esse serviço, pense que não precisa mais. 

Tudo o que pára de evoluir tende a "estragar-se"... por isso entenda que os seus objetivos não são estáticos, são dinâmicos. Hoje tem como objetivo estar melhor na praia, amanhã pode ter como objetivo estar assim o ano todo ou por exemplo melhorar a sua alimentação o ano todo e não apenas quando tem motivação. Aprender a escolher alimentos, saber preparar opções mais saborosas, etc. 

Num atleta pode parece mais fácil entender isto: 

1) foi à primeira consulta porque tinha um objetivo competitivo daí a 4 meses e queria iniciar uma preparação específica 

2) voltou lá 2 meses depois sensivelmente para afinar estratégias 

3) e teve uma consulta perto da prova para planear a derradeira semana 


A sua "carreira" acabou aí? Nunca mais vai treinar ou fazer uma prova dessas? Então porque haveria de parar o trabalho que foi iniciado? Com o que aprendeu nessa prova e com as estratégias novas, vai poder tirar conclusões sobre o que ainda pode fazer melhor para na próxima prova estar ainda melhor. É contínuo. 

Se o seu objetivo é mais estético pode até oscilar entre fases de ganho de massa magra e perda de gordura ou até por exemplo, quando atinge o seu objetivo de Look, então trabalhar mesmo na condição física dentro da sua modalidade -  levantar mais peso num exercício ou fazer desafios de vez em quando para se testar.

Isso não quer dizer que o nutricionista lhe esteja a tentar vender um serviço vitalício com obrigação de se fidelizar etc. O que não é justo também é achar que vai a uma consulta e vai ter resultados só por isso. 

Na primeira consulta vai receber uma base de trabalho que tem de pôr em prática e vão surgir novos desafios, novas metas e novas barreiras na sua vida, por muito que esteja controlada, que obriguem a uma adaptação constante. Parar é morrer!


Portanto, não sei quantas consultas ou quantos meses precisa de acompanhamento mas o que é certo é que a cada renovação da sua confiança no trabalho que iniciou dá um passo maior, se assim o desejar, para ter cada vez mais autonomia. Depende do feedback que dá, se coloca dúvidas e se dá follow up. É uma relação bidireccional, eu não sou polícia da sua alimentação e estilo de vida. 

Um dia, como qualquer doente internado, pode ter a sua alta. 




Atinja os seus objetivos com o melhor acompanhamento!
Filipa Vicente
Filipa Vicente
Nutricionista · 1369N
Eat, live, perform, sleep
Contactar