Blog deIsabel Pedroso Silva

Nutricionista · 3836N

Check decagram white

por uma alimentação mais responsável.

Arrow

O poder da fibra na saúde intestinal

Terça-feira, 21 de Abril de 2020


FIBRA: sim, é boa. Mas em quê concretamente? 

Porque é que se fala tanto nela agora que estamos em casa?

Qual é o poder da fibra na saúde intestinal?

⁣⁣

⁣⁣

Falamos dela pelo simples facto de que, se corretamente distribuída ao longo do dia, promove a saciedade (e evita que abras a despensa de 20 em 20 minutos). No fundo, alimenta a microbiota e, se a nível intestinal funciona tudo corretamente, as tentações alimentares poderão diminuir. ⁣⁣

⁣⁣

Quando se trata de fibra, a variedade é fundamental!⁣⁣⁣⁣

⁣⁣

O que me leva à questão central desta publicação - li ontem um estudo recente, do Reino Unido, onde aumentaram gradualmente a ingestão de fibra de um conjunto de pessoas, e mostraram que ingerir 20g/dia do mesmo tipo de fibra (os mesmos alimentos diariamente) levou, na verdade, a uma diminuição da diversidade de bactérias no intestino.⁣⁣

⁣⁣

Apesar de ser um estudo pequeno (e desta área precisar de mais investigações), é certo e sabido que ter maior diversidade de bactérias associa-se a uma melhor saúde intestinal. Lembra-te que ~70% do sistema imunitário está nos intestinos e a saúde intestinal interfere significativamente no bem estar geral, a curto e longo prazo. Inclusive no risco de desenvolver doenças cardiovasculares. ⁣⁣

⁣⁣⁣⁣

Daí que, se a tua fonte de fibra passa só pelo arroz e pela massa, seria boa ideia começar a diversificar. Se hoje comeste arroz, talvez amanhã possas começar o dia com aveia, e porque não, ao jantar, quinoa? Seja qual for a tua escolha, assegura-te de variar ao máximo e não comer frango com arroz todos os dias. ⁣⁣

⁣⁣


Cada fibra tem uma estrutura diferente que vai alimentar diferentes microrganismos. Focar em apenas um tipo de fibra pode ser negativo para a tua microbiota.⁣⁣⁣

⁣⁣


Para beneficiar do poder da fibra na saúde intestinal, inclui, diariamente, frutas e hortícolas diferentes, cereais integrais, sementes como a linhaça, e leguminosas (como o feijão, grão e lentilhas). Nem que sejam congelados.⁣⁣ Nesta altura, todos contam.⁣⁣

⁣⁣