Rita Morais

Rita Morais

Nutricionista · 1473N

Apaixonada pela Nutrição Clínica, onde dedico muito de mim e onde mostro que não é necessário viver com a ideia que é impossível!

Sobre mim

Sou licenciada em Ciências da Nutrição pela CESPU, ISCS-N desde 2011, pós-graduada em Cuidados Continuados e Paliativos (FMUC) e Mestre em Nutrição Clínica pela FCNAUP. Procuro fazer reciclagem de conhecimentos constantemente em Instituições de referência no mundo da Nutrição Clínica.

Sou membro da Ordem dos Nutricionistas com cédula profissional n.º 1473N.

Nas consultas de nutrição clínica, tenho uma forte experiência em:
- Situações de obesidade, perda de peso, diabetes, dislipidemia (alteração do colesterol, LDL, HDL ou triglicéridos), hipertensão, doença celíaca, preparação para a gravidez e amamentação, diversificação alimentar e desenvolvimento infantil.
- Nutrição parao atleta profissional

Locais de consulta

Caldas de São Paulo Oliveira Do Hospital

Aqua Village Health Resort & Spa

Avenida Principal número 1

+351 238 249 040

Oliveira do Hospital

ARCIAL

Oliveira do Hospital

C.M.P.O.H. - Clínica Médica e Paramédica de Oliveira do Hospital

Rua Dr. Adelino Junior Mendes Abreu, 4 B

+351 96 482 4019

Cabanas de Viriato

SanMed

Rua Viriato, lote C-2, loja D

+351 232 698 109

Coja

PoliCoja

Rua Dr. Albino de Figueiredo

+351 235 728 090

Quando me formei em 2011, tinha projetos em mente que em nada passavam por trabalhar em Oliveira do Hospital ou numa Clínica particular, engraçado como a vida me foi mostrando em tantas situações q...

Esta é uma receita da minha mãe, após tantas tentativas, porque nem sempre a utilização das farinhas sem glúten corresponde à mesma receita com farinha de trigo... desta vez correu muito bem, a massa não agarrou na máquina, não queimaram, a consistência ficou excelente, tanto para acompanhar com algo doce (compota, manteiga de amendoim, nutella) ou algo salgado como queijo ou requeijão. Aprovadas pelos graúdos, pelo miúdo e pela celíaca da casa.

Porções: 20

Esta receita é do autor do blog "A Pitada do Pai" e tem sido uma receita exemplo para esta altura do ano :) nas consultas de nutrição clínica.
Apesar de continuar a defender que não são 2 dias em 1 ano inteiro que fazem estragos, há receitas que podemos sempre adaptar e torná-las um pouco menos calóricas, no entanto a moderação tem que existir sempre.