Blog deSara Lopes de Sousa

Nutricionista · 0811N

Check decagram white

Parei para pensar como posso fazer melhor, ser melhor hoje e amanhã.

Arrow

Compras conscientes

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

Somos, hoje, 7,7 mil milhões no Mundo (mais coisa menos coisa). E já gastámos o equivalente a 1,7 planetas. A velocidade do gasto de recursos para a capacidade da sua renovação é tal que se estima que, em 2030, teremos gasto o equivalente a 2 planetas. E como será em 2050, quando formos 9 mil milhões? Que recursos restarão?

Alterações climáticas, extinção animal e redução da biodiversidade são tópicos de discussão que têm sempre associados o excesso de consumo, desperdício e poluição .

Antes, remendava-se meias. Hoje, a t-shirt tem um buraco? Deita fora, pois compro uma nova por menos de sete euros. Mas quanto custa essa t-shirt para o planeta? Qual o valor de 2700 L de água para produzir a t-shirt de algodão? É só a quantidade de água que uma pessoa bebe em 6 anos. 

Já passámos a fase, demasiado longa, do pseudo-altruísmo, pois já não é suficiente salvar as abelhas e as espécies em extinção. Mais dia menos dia, seremos nós mesmos uma espécie em extinção (o planeta agradece). Nesta fase de confinamento social, tivemos um vislumbre de como é a Terra sem nós (ou com menos de nós), em que o planeta respira de alívio com menos CO2 no ar (apesar de ter mais máscaras a boiar na superfície dos oceanos).  

Cuida do planeta, ou do que resta dele. Quando o estrago está feito, nem tudo está perdido pois ainda podes ser o herói que há dentro de ti. Todos nós deixamos a nossa pegada ambiental, mas pequenas mudanças podem fazer a diferença. Pegadas? Só na areia! Vamos recolher lixo, plantar árvores, regar plantas, comprar sem embalagens, consumir menos. Vamos proteger as flores e as abelhas, espalhar o verde, curar a Terra e encontrar o lado B deste planeta A. Vamos enterrar os erros e plantar a esperança.

A solução passa por, antes de comprar, pensar sempre se é mesmo necessário, para reduzir o consumo. Comprar algo que seja durável para nós e possível de reutilizar. Repensar, reduzir, reutilizar e só então reciclar. É só aplicar os R's. 

É a nossa consciência, na hora de consumir, que tem o poder de reduzir poluição, desperdício, repor justiça e ética em toda a cadeia de produção da base até ao topo. 

Cada um de nós pode mudar o futuro. E o futuro já começou neste ponto final.